Palestra Depredação do Patrimônio Público.

Um

Terça, 02 de abril de 2019

Sem imagem

  A quadra coberta da Escola Irmã Tereza foi o primeiro local para a realização da primeira reunião, no dia 27 de fevereiro, com a participação pelo menos 320 pessoas entre pais, mães e funcionários. De lá pra cá, a ideia foi abraçada pela secretária de Gabinete, Olga Letícia Barbosa, sugerindo a união entre as secretarias de Educação e da secretaria de Meio Ambiente, por meio de seu departamento de Educação Ambiental, para a realização de ciclo de palestras em Defesa do Patrimônio Público. O palestrante não poderia ser outro se não o Juiz de Direito da Comarca de Itupiranga, Dr. Danilo Fernandes.
    Perceber que é possível a união entre a comunidade escolar e o pode Judiciário foi o primeiro passo dado, por Nilton Cesar Araújo, diretor da Escola Irmã, para que começasse uma serie de palestras para estudantes, famílias e comunidade na defesa pelo patrimônio público, começando pelos prédios comumente frequentados por crianças, adolescentes e jovens, principalmente. E foi na Escola Municipal Jarbas Passarinho que a secretária de Gabinete, Olga Letícia Barbosa, decidiu abraçara essa causa. "Eu fiquei muito triste quando fui convidada para uma reunião na escola dos meus filhos e o diretor me mostrou a situação em que se encontra o prédio, em estado de deterioração em varias pontos", lamenta a Olga Letícia.
    Em menos de dois meses, três palestras já foram realizadas, inclusive uma na Câmara Municipal, nesta sexta-feira (22), que contou com interação da secretária de Meio Ambiente, Anailde Feitosa, o secretário de Educação, José Dildo Pereira, vereador Paulo Barros, presidente da Câmara, advogados, educadores e dezenas de adolescentes da Escola Estadual Izabel Maracaípe. "A ideia é nos aproximarmos da sociedade, é uma tônica do Judiciário porque, historicamente, o Judiciário tem andado distante dos anseios da sociedade. O juiz ficava lá no seu gabinete resolvendo os processos, mas sem se envolver nas questões que de fato, inclusive, geram os processos. Então, com o objetivo de minimizar, evitar, de algum modo prevenir delitos, especialmente àqueles relacionados à destruição, deterioração do patrimônio publico, que é o tema da palestra de hoje, especialmente aqueles ligados a questões domésticas, que são crimes que acontecem as escondidas, geralmente, a educação ambiental, todas essas são questões que envolvem o nosso dia a dia que é importante tanto para os pais, especialmente para os alunos, que representam o futuro do país", diz o Juiz Danilo Fernandes.
    Para o Juiz, a ideia é abrir um diálogo com as pessoas, para esclarecer o que ocorre hoje. "O que nós podemos fazer de diferente para termos um país muito melhor pra nós, e especialmente para esses jovens, que serão as pessoas que darão as cartas em nosso município, nosso estado e nosso país", lembra Dr. Danilo. "Com os jovens, especialmente, essa é a primeira vez que conversamos. Eu tenho ido às escolas, onde os diretores têm optado por eu falar primeiro com os pais, mas a ideia é falar especialmente com os jovens. Então, eu penso que os jovens, que vão ter a representatividade amanhã, o jovem que pode fazer a diferença, o jovem que pode se muito melhor do que nós, portanto, a minha ideia é falar para os jovens e aí, eu tenho certeza de que, esses jovens vão entender a nossa intensão. Eles são bons e vão ficar melhores ainda, com as orientações e ações que a gente quer fazer. Penso que é muito importante o envolvimento de todas as autoridades, seja do Legislativo, seja do Executivo e, também, do Judiciário, com o intuito de não fazermos algo paliativo, pois queremos algo que dure, algo que faça a diferença e essa diferença só vem, ela só acontece, quando se tem educação. Por isso gosto de ir às escolas, minha intensão é começar pelas escolas, pois sem educação país nenhum se desenvolve, sociedade nenhuma se desenvolve para isso temos vários exemplos de países que saíram de situação de degradação total, de pobreza total e se ergueram, exatamente por meio da educação", concluiu Dr. Danilo.
    
    "Eu penso que essa palestra é de suma importância para o quadro em que nos encontramos, em termo de depredação de patrimônio público, em todo o Brasil, mas falar especificamente de Itupiranga. Eu, enquanto secretário de Educação, percebo uma grande necessidade dessa conscientização com relação aos nossos adolescentes que utilizam os nossos prédios, porque a depredação é muito grande e isso causa, realmente, um grande prejuízo ao patrimônio público, de fato isso é dinheiro jogado pelo ralo. Todas as parcerias no sentido de construção, são sempre muito bem vindas, independente porque cada secretaria tem um foco específico como secretaria de Meio Ambiente, de Saúde, de Educação, Ação Social, Industria e Comércio, mas quando nós nos unimos num só propósito, de melhorar a situação dos nossos munícipes, é importante que exista, de fato, essa integração, de forma real, para que assim possamos com um único propósito e objetivo, melhorar o serviço para a comunidade". José Dildo Pereira, secretário de Educação.
    "Eu acredito no potencial dos nossos jovens em entender e colaborar com a preservação do patrimônio de nossa cidade, que é de todo mundo. Tenho certeza de que essas palestras só têm a contribuir para que todos entendam a necessidade de cuidarmos para que nossa cidade esteja sempre pronta para receber nossos visitantes, nossos turistas, principalmente nos festejos do nosso padroeiro, no aniversário da cidade no 14 de Julho, uma das maiores festas na nossa região e que atrai gente de varias partes do país, no nosso veraneio. Isso significa movimentação na nossa economia, então se nosso patrimônio estiver bem apresentável, os visitantes vão levar boa referência e vão querer voltar, com nossa economia melhora e isso é bom pra todo mundo. Eu acredito que essas pessoas que estão participando dessas palestras estão entendendo a nossa mensagem e nós só temos agradecer a colabora do nosso Judiciário, que abraçou essa causa tão importante, que é a conservação do patrimônio público, afinal sempre que um prédio de escola ou um simples banco da praça é danificado é dinheiro público jogado fora", diz o prefeito José Milesi.
    ---
    Texto: Lenir Silva/ASCOM/PMI.


Direitos de conteúdo reservados Prefeitura Municipal de Itupiranga
Alfa Tecnologia e Gestão

Desenvolvimento e manutenção por W B I
Ícones feitos por Freepik de www.flaticon.com e licenicado por CC 3.0 BY